Formação de Públicos Estratégicos para a obtenção da especialização de Género – no contexto de profissionais da área social

Objetivo Geral

O objetivo da formaçao é formar profissionais especializados na temática Igualdade de Género, que exerçam funções nas áreas das ciências sociais e humanas, promovendo o desenvolvimento de conhecimentos e competências aprofundadas, permitindo-lhes uma adequada compreensão e aplicação dos princípios associados.

  •  Proporcionar aos destinatários uma formação especializada em igualdade de género, que garanta os princípios da igualdade de oportunidades;
  • Definir indicadores e critérios que promovam a igualdade entre mulheres e homens nos múltiplos contextos sociais, e também profissionais, através dos princípios democráticos da cidadania e dos direitos humanos;
  • Dotar os profissionais da área social de novas estratégias de cooperação nomeadamente com as estruturas de apoio à vítima formando a importância de trabalhar em rede;
  • Aprofundar o conhecimento sobre Violência de Género; 
  • Compreender as dinâmicas da violência e as especificidades da intervenção psicossocial e jurídica das vítimas;
  • Aprofundar o conhecimento sobre Igualdade de Género e enquadrá-lo no contexto histórico e cultural do país;
  • Compreender as dinâmicas da violência e as especificidades da intervenção psicossocial e jurídica das vítimas conhecendo o seu enquadramento jurídico;
  • Conhecer e integrar os Planos Nacionais pela Igualdade de Género.

 

Destinatários

     Ativos empregados/as de nível 6 – Assistentes sociais, Psicólogos, Educadores sociais, e outros profissionais que intervêm diretamente com o público da área social. 

      Destinam-se a ativos empregados (trabalhadores/as dependentes, independentes ou por conta própria), com habilitações de nível 6 (bacharelato/licenciatura/mestrado). 

 

Plano Curricular (48 horas)

Módulo I – Enquadramento conceptual (4 horas)

  1. Igualdade, diversidade e cidadania
  2. Sexo e género
  3. Papéis sociais de género, paradigmas e estereótipos
  4. Linguagem como paradigma das (des)igualdades
  5. Coeducar para uma cidadania democrática

 

Módulo II – Igualdade de Género (6 horas)

  1. As rotas do(s) feminismo(s) em Portugal – percurso histórico;
  2. Orientações estruturantes para a igualdade entre homens e mulheres: V Plano Nacional para a Igualdade de Género, Cidadania e Não – Discriminação 2014-2017 (V PNI) 1 ; V Plano Nacional de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género 2014 -2017 (V PNPCVDG), que inclui o III Programa de Ação para a Prevenção e Eliminação da Mutilação Genital Feminina 2014 – 2017 (III PAPEMGF) 2,; III Plano Nacional de Prevenção e Combate ao Tráfico
    de Seres Humanos 2014 -2017 (III PNPCTSH)3 e o II Plano Nacional de Ação
    para a Implementação da RCSNU 1325 (2014-2018);
  3. Mecanismos nacionais e internacionais para a promoção da igualdade de
    género;
  4. Responsabilidade social das organizações da sociedade civil para a
    concretização da igualdade de género.

 

Módulo III – Roteiros temáticos de género: abordagem social e jurídica (20 horas)

  1. Dimensão pessoal e familiar
  2. Dimensão profissional
  3. Conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal
  4. Democracia paritária – poder político e tomada de decisão
  5. Violência de género
  6. Saúde, direitos sexuais e reprodutivos
  7. Mainstreaming de género e ações positivas

 

Módulo IV – Metodologias de formação em igualdade e sugestões de operacionalização (10 horas)

     Utilização de métodos e técnicas andragógicas promotoras da aprendizagem e facilitadoras da apropriação de conhecimento nas temáticas da igualdade de género.
     Tal deverá ser concretizado através da dinamização de diversas atividades grupais nas diferentes áreas da igualdade de género.